Conheça nossa política para compra de produtos na internet - Clique Aqui

SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, PROCURE O MÉDICO E O FARMACÊUTICO. LEIA A BULA.
Todas as informações contidas neste site têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Decisões relacionadas ao tratamento de pacientes devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características particulares de cada pessoa.

Farmacêutica responsável: Dra. Joicy Kelli Lima  CRF/TO  688 | Global medicamentos Importação e exportação EIRELI CNPJ 19.970.265/0003-02 | 
ATENÇÃO OS MEDICAMENTOS VENDIDOS SÃO DE ALTO CUSTO POR ISSO TEMPO DE ENTREGA PODE VARIAR DE 5 A 10 DIAS UTEIS DE ACORDO COM A DISPOSIÇÃO DO ESTOQUE DOS FABRICANTES E DISTRIBUIDORES

©2019 by Fast Medicamentos - DEMANDA JUDICIAIS. - DESENVOLVIDO POR AGENCIA DE VENDAS

Anvisa garante acesso a medicamentos importados - VOCÊ PODE COMPRAR SABIA ?


As doenças raras representam um grande desafio para a área de Saúde no Brasil e no mundo. Elas não têm cura e nem contam com um amplo leque de opções terapêuticas. Esse grupo de enfermidades atinge até 65 indivíduos em cada 100 mil pessoas. No Brasil, a estimativa é de que 13 milhões de pessoas sejam portadoras de doenças raras.

Para facilitar o acesso a tratamentos ainda sem registro no país, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) dispõe de mecanismos que permitem a importação de produtos já aprovados por outras agências reguladoras. Confira!

Todo medicamento é permitido?

Em primeiro lugar, é necessário conhecer a legislação brasileira sobre o assunto e saber quais substâncias podem compor o medicamento que será adquirido.

Conforme previsto na Resolução da Diretoria Colegiada, somente é permitida a importação de medicamentos que contenham exclusivamente substâncias da lista C1. Outra condição é não haver produtos semelhantes registrados e/ou comercializados no Brasil. Portanto, caso haja algum medicamento similar disponível no país, ainda que com um nome comercial diferente, o produto não poderá ser importado.

A Agência ressalta que as regras visam assegurar a qualidade e a eficácia dos medicamentos adquiridos, bem como a segurança do paciente.

E o que é necessário para Adquirir esse Medicamento

Para fazer a aquisição, é obrigatória a apresentação da receita médica ou laudo médico, comprovantes de residencia e do documento fiscal comprobatório da aquisição em quantidade para uso individual. Periodicamente, a Anvisa atualiza quais substâncias podem compor medicamentos importados.

A Anvisa reforça que não existe impedimento para a importação de medicamentos por pessoa física, desde que sejam atendidas as exigências previstas na legislação brasileira. A compra também pode ser feita por um hospital, para uso de um paciente.

Já as empresas interessadas em importar e comercializar os produtos no Brasil devem formalizar o pedido na Agência e cumprir todos os trâmites legais exigidos no país.

Medicamento na bagagem

CUIDADO No caso de quem porta medicamento na bagagem, vale o artigo 64, da Portaria 06, de 1999: “Em viagem internacional, quando da saída ou chegada, somente podem transportar medicamento, à base de substâncias constantes das listas da Portaria SVS/MS 344/98 e de suas atualizações, as pessoas que estiverem de posse de receita médica na quantidade suficiente para o seu uso individual”.

ENTÃO COMO POSSO PROCEDER PARA ADQUIRIR MEU MEDICAMENTO


Devido inúmeras questões legais e juridicas recomendamos fortemente que você tenha uma assessoria e um apoio para aquisição do seu medicamento sem RISCOS. Essas empresas geralmente tem em seu expertise , todo processo com segurança para aquisição do seu medicamento importado. No Grupo Global Fast temos uma divisão especifica para auxiliar você ou qualquer que ame a alçancar o seu medicamento. Acesse o site www.globalpharmaimport.com.br e saiba mais Matéria extraida do Portal Anvisa

30 visualizações